Cogumelo, um alimento funcional

Ao todo, existem 7 tipos de cogumelos comestíveis, sendo o paris (champignon) o mais consumido no Brasil, mas também são populares o shimeji, shitake e portobelo.
Popular na culinária francesa e oriental, esses alimentos estão ganhando cada vez mais espaço no cotidiano do brasileiro. Além de deliciosos, as razões para incluí-los na dieta são muitas. Confira:
🍄 Cada tipo de cogumelo apresenta determinada composição nutricional, que também varia conforme o método de cultivo. No geral, apresentam elevado teor protéico e baixo teor de gordura; além de grande quantidade de fibras e vitaminas, como tiamina, riboflavina, ácido ascórbico, vitamina D2 (calciferol) e minerais. Possuem mais selênio que qualquer outra fruta ou vegetal, componente importante para a desintoxicação do corpo, que age como um antioxidante e defende as células do organismo de radicais livres.
🍄 São boas opções para quem precisa controlar o peso: 100g de shitake, por exemplo, possuem cerca de 35 calorias. Por ser rico em fibras, também proporciona uma maior saciedade.
🍄 Considerado alimento funcional, o cogumelo ajuda a prevenir e reduzir o risco de doenças como câncer, cardiovasculares, infecções e doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e o lúpus, pois atua no sistema imunológico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *